Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Fruta mais Ácida

Lugar onde se vende toda, ou quase toda, a fruta com que a sociedade nos premeia. A fruta doce e a ácida estarão expostas à mistura com algum mel.

A Fruta mais Ácida

Lugar onde se vende toda, ou quase toda, a fruta com que a sociedade nos premeia. A fruta doce e a ácida estarão expostas à mistura com algum mel.

17
Jan19

Dia da mudança

Manuel_AR

Resultado de imagem para solds dresses

Hoje, logo ao acordar, resolvi mudar o tipo de letra do blog e até, vejam só, falar de saldos e de compras online. Com letra mais pequena sempre posso escrever mediocridades, tretas e balelas para dar a percepção aos leitores que é um texto curto e, assim,  escrevo mais sem que  pensem que o texto é enorme dando espaço para que fiquem desmotivados. Sim, porque, para alguns e algumas, ler custa muito esforço e consome tempo. É como aquela cena dos preços que estão nas montras que dão a ideia que são baratos. Quem olha e lê 9,99 Euros. «Está barato não achas?», diz alguém virando-se para o amigo ou amiga. Ou, ainda, 49,99 Euros. «Vê lá que aquele casaco não chega aos 50,00 Euros. Não achas em conta? Bla...bla... bla...».

Aliás é a epoca dos preços de saldo, dos preços baixos e aproveito também a época para "baixar" a letra. Até na Amazon os preços das roupas estão em saldo. Mas atenção meninos e meninas, se forem por aí, já sabem, o preço da entrega pode ser maior do que o preço da roupa, a menos que comprem dezenas de peças.... O melhor neste caso é escolher na La Redoute que, com alguma sorte, encontrará no refugo algo decente.

 
Aqui estão umas calcitas que, dizem eles, são calças largas com grandes bolsos nas coxas. Mas cuidado que, se usa saltos rasos a coisa não alegra o visual. E, atenção, terá que meter os pés para dentro...

 

Isto agora na época de saldos dá pano para mangas. Assim,  a gente sempre se vai distraindo dos desaires amorosos por causa do namorado/namorada que nos deu com os pés, atraiçoando-nos com a nossa melhor amiga ou amigo naquele passeio que se fez no verão passado.

Como já devem ter notado estou a gastar mais palavras quando me refiro ao género, isto é, gama de características pertencentes e diferenciadas entre a masculinidade e a feminilidade, não vão por aí queixar-se que o mundo é dos homens, que sou anti feminista e até escuso o feminino na minha escrita.

Bem, hoje fico-me por aqui porque amanhã é outro dia, pois é fim de semana para alguns, menos para os, e para as, que apenas escrevem em blogs e não têm semanas de 35 horas. 

 

 

 

 

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub